Buscar
  • Marcelino Andrade

PROJETO ARQUITETÔNICO: QUAL A IMPORTÂNCIA PARA SUA OBRA?

Atualizado: 4 de out. de 2019

Segundo pesquisa feita pelo Datafolha, 54% dos brasileiros construíram ou reformaram a casa no último ano. Desses 54%, 85% não tiveram orientação profissional. Ainda segundo a pesquisa, cerca de 70% das pessoas que compõem a população economicamente ativa afirmam que contratariam os serviços de um arquiteto e urbanista para construções ou reformas. A parcela dos que já contrataram os serviços de arquitetos e urbanistas é de 7%. Entre as pessoas com curso superior e das classes AB, essa taxa é mais que o dobro, chegando a 16%.

Para ter um projeto arquitetônico eficaz, que atenda às suas demandas e seja, acima de tudo, funcional, é imprescindível a contratação de um profissional. Só ele poderá avaliar itens como o impacto ambiental causado pelo projeto, fazer sua avaliação técnica, verificar qual a estrutura mais adequada para a construção e gerenciar a execução de obras.


OS BENEFÍCIOS DE UM PROJETO ARQUITETÔNICO BEM PENSADO


Entre os benefícios de um projeto arquitetônico, três fatores foram citados como mais importantes, segundo a pesquisa do Datafolha:

1 – SEGURANÇA

É o item mais importante, segundo os entrevistados. Ter alguém para se responsabilizar por todo o processo e contar com mão de obra especializada são atributos que validam a importância de um projeto arquitetônico.

2 – CONFORTO

Outra característica que mostra a importância de um projeto arquitetônico. Ter um projeto como guia, além de um profissional coordenando todo o processo é vital para quem contrata um arquiteto.

3 – CUSTO-BENEFÍCIO

Um projeto arquitetônico bem feito evita erros, desperdício de materiais e dinheiro, resultando em um ótimo custo-benefício.


Fases do projeto arquitetônico


De forma simples e prática um bom projeto arquitetônico depende de um bom profissional e de um bom cliente. Ou seja, um profissional com capacidade técnica e um cliente com consciência do que deseja.

Muitos detalhes que surgem durante a elaboração do projeto arquitetônico dependem de você, como padrão de acabamento, necessidade de espaços maiores, preferências estéticas, entre tantas outras questões. Por isso, é importante que você também se prepare para a obra e não deixe tudo para o profissional decidir por você.

Veja a seguir as fases de um projeto arquitetônico.

1 – Estudo Preliminar

O estudo preliminar é a fase onde serão definidas as primícias adotadas para a elaboração de todo o projeto. O partido arquitetônico, a disponibilidade de recursos e restrições que existam. É a fase de concepção do produto.

O estudo preliminar é composto basicamente por:

Levantamento de dados;Programa de Necessidades;Estudo de Viabilidade.

2 – Anteprojeto:

É a fase de consolidação das informações do estudo preliminar. É aqui que se estabelece um partido arquitetônico e se definem as demais características do empreendimento. Além de subsidiar a elaboração do projeto legal, o projeto para aprovação no município.

Fazem parte do Anteprojeto:

Estudo Preliminar;Anteprojeto;Projeto Legal.

3 – Projeto Básico:

O projeto básico é a formalização clara de todas as soluções adotadas. São apresentados claramente todos os ambientes, fachadas, cortes, processo construtivo, acabamentos e materiais a serem utilizados. Neta fase já é possível realizar uma estimativa de custo do empreendimento.

3 – Projeto Executivo:

O projeto executivo é o detalhamento de todos os documentos necessários para a execução da obra. Contém todas as informações de forma clara e concisa. Além das plantas, cortes, fachadas, detalhes construtivos, definição de materiais, acabamentos, esquadrias e telhado, deve ser acompanhado de memorial descritivo e lista de materiais.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo