Buscar
  • Milane Eunice

ALVENARIA ESTRUTURAL COM TIJOLO ECOLÓGICO

Atualizado: 16 de mai. de 2020

Dentre grandes desafios que o meio da construção civil enfrenta, um deles presente na atualidade é o de relacionar os projetos e construções com a sustentabilidade. No qual antevê um melhor uso dos recursos naturais nas obras evitando um maior impacto no meio ambiente.

Em meio a diversos produtos já utilizados nesta área, um que ganha destaque nessa matéria é o tijolo ecológico (solo-cimento) que visa substituir o tijolo convencional, o qual acometem o meio ambiente. Suas vantagens são encontradas desde a sua produção (Podendo ser feito no canteiro de obras) que é definida pelos seguintes elementos: Terra, cimento e água. Entretanto, a sua diferença para os tijolos convencionais é a sua cura hidráulica. Este tijolo não é colocado para cozer, evitando assim a queima da madeira e consequentemente a emissão de gases poluentes, derivado desse processo.

O sistema de tijolos ecológicos também tem sua vantagem estabelecida no canteiro de obras, pois o fácil manejo se dá também no encaixe das peças, o que faz com que seu manuseamento seja prático, reduzindo também o consumo de outros materiais, tais como: argamassa, concreto e aço, além de reduzir o entulho em meio à obra. No mercado, há diferentes tipos de produtos, tais como em tamanhos e composição. Existem três tipos de tijolos ecológicos comercializados pelas empresas. Os tipos são: Tijolo modular, o meio tijolo e o tijolo canaleta. "O tijolo canaleta é utilizado como verga e contraverga de janelas e portas, canaleta para as cintas de amarração e para passagem horizontal e vertical de dutos hidráulicos e eletrodutos" - José Humberto Trivisan, diretor da Eco Produção, fabricante de Piratininga (PR).

Nesse modelo de construção, a Pórtis Jr. - Soluções em Engenharia Civil junto ao nosso cliente, estamos elaborando um projeto Estrutural de uma residência familiar na cidade de Caruaru – PE. Nele utilizamos tijolo ecológico produzidos pelo próprio cliente, visando unir o bem-estar , o custo da obra, segurança e sustentabilidade.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo